Highslide for Wordpress Plugin

Diocese de Osasco

Últimas Notícias

Diocesanas, Notícias › 20/12/2016

Santa Missa de Natal nas unidades prisionais de nossa diocese

 

A Pastoral Carcerária da Diocese de Osasco nos dias 15 e 16/12 realizou a Santa Missa de Natal nas maiores unidades prisionais do município. Podendo assim, levar a presença viva de Jesus Eucarístico para esses irmãos e irmãs que não tem a oportunidade, de como nós, celebrar o Natal em nossas paróquias. Também foram atendidas confissões na unidade carcerária feminina e assim muitas irmãs puderam se reconciliar com Deus.

É sempre uma experiência muito profunda visitar os irmãos e irmãs que estão nas prisões, e encontrar-se com o Senhor lá também, uma vez que Jesus se identifica com eles: “Estive preso e fostes me visitar” (Mt 25,36).

A pastoral foi muito bem acolhida pelos funcionários dos presídios e também pelos encarcerados, também chamados de reeducandos, que participaram com piedade e respeito da Santa Missa presidida pelo padre Alexandre Pessoa Garcia na unidade masculina e pelo padre Rogério Lemos na feminina. Contribuíram em outras celebrações o Pe. Alexandre Santos e o seminarista Luiz Roberto.

A missão da Pastoral Carcerária é evangelizar aqueles que estão nas cadeias e prisões, buscando promover a dignidade da pessoa humana criada a Imagem e Semelhança de Deus, dando-lhes assistência espiritual e social, e por isso é de uma importância singular.

Dentro dos cárceres são feitas orações, celebrações, e se anuncia a Palavra de Deus, mostrando um Deus pronto a perdoar, um Deus que é misericórdia. A Pastoral Carcerária quer ser presença de Jesus Cristo, presença da Igreja para que a dignidade humana do encarcerado seja respeitada, uma vez que por maior que seja o delito que se tenha cometido ele permanece ser humano, nosso irmão, filho de Deus.

O Papa Francisco recentemente celebrou o Jubileu dos Encarcerados no Vaticano por ocasião do Ano da Misericórdia e em sua homilia afirmou que:  “onde houver uma pessoa que errou, nesse lugar se faz ainda mais presente a misericórdia do Pai, para suscitar arrependimento, perdão, reconciliação e paz”, e ainda: “Nenhum de vocês, deve fechar-se no passado. Pois a nossa história passada, mesmo que quiséssemos, não poderia ser escrita novamente. Mas a história que começa hoje e aponta para o futuro ainda pode ser escrita, com a graça de Deus e com a sua responsabilidade pessoal. Aprendendo com os erros do passado, pode abrir-se um novo capítulo da vida. Não caiamos na tentação de pensar que não podemos ser perdoados”.

Com essas palavras, o Santo Padre apresenta um caminho de superação e de mudança para os encarcerados, para que eles busquem a Deus e acreditem que podem ser melhores, que podem fazer o bem, ajudar as pessoas e que Deus os ama e os chama a uma vida nova, assim, aprendendo com os erros do passado, podem começar uma nova história.

Convidarmos a todos para rezar e se possível fazer uma visita para estes nossos irmãos que se encontram nas penitenciárias.

Amissa-natal-presidio-15 missão da Pastoral Carcerária é ir com o Bom Pastor (Jo 10,11-16) em busca da ovelha desgarrada (Lc 15,1-7), e conduzi-la novamente ao redil de Cristo.

“Um acontecimento muito interessante em umas dessas visitas aos presídios foi encontrar uma ovelha correndo nos arredores da penitenciária. Sem dúvida um sinal de que lá estão as ovelhas de Cristo e que Ele as conhece e as chama pelo nome para que haja um só rebanho e um só Pastor”, contou o seminarista Leonardo Loriato.

Ainda acontecerão duas Missas nas unidades prisionais de nossa diocese, no dia 21/12 para os reeducandos e no dia 22/12 para os funcionários. Pedimos as orações de todos para que esse bonito trabalho continue sendo realizado com êxito e que a todos seja levada a Boa Nova do Natal.

com informações Pastoral Carcerária

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X