Highslide for Wordpress Plugin

Papa reza por vítimas de tiroteio em escola na Flórida

Foto: Reprodução Reuters

 

Pelo menos 17 pessoas morreram no tiroteio; Papa enviou telegrama ao arcebispo local, que pediu preces pelas vítimas

O Papa Francisco enviou um telegrama ao arcebispo de Miami, Dom Thomas Wenski, em que lamentou a morte de 17 pessoas por um atirador durante um tiroteio em uma escola na cidade de Parkland, Flórida, que fica 70 km ao norte de Miami.

“Sua Santidade, o Papa Francisco, ficou profundamente desolado ao saber do tiroteio trágico que ocorreu no colégio Marjory Stoneman Douglas, em Parkland. Ele reza para que Deus Todo-Poderoso conceda o descanso eterno aos mortos, cura e consolo aos feridos e aos que sofrem. Com a esperança de que tais atos de violência sem sentido possam cessar, o Papa Francisco invoca sobre todos as bençãos divinas da paz e da força”, informa o telegrama assinado pelo Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin.

O arcebispo de Miami, Dom Thomas Wenski, também lastimou a tragédia. “É com grande pesar que soube do trágico tiroteio no colégio Marjory Stoneman Douglas, em Parkland. Ofereço minhas preces e aquelas de toda a comunidade católica aos que foram afetados por esta tragédia sem sentido: rezamos pelos mortos e feridos, por suas famílias e entes queridos e toda nossa comunidade ao sul da Flórida”, disse o arcebispo em comunicado oficial publicado nesta quarta-feira, 14, no site da arquidiocese.

Dom Wenski pediu união e apoio recíproco neste momento terrível e de sofrimento. “Na Quarta-feira de Cinzas começamos a Quaresma que nos leva à penitência e à conversão. Com a ajuda de Deus, podemos permanecer fortes e resolutos para resistir ao mau em todas as suas manifestações. Que Deus cure os corações feridos e console a tristeza, pois mais uma vez enfrentamos como nação outro ato de violência sem sentido e mau horrendo”, reiterou o arcebispo.

Fonte: Canção Nova