Highslide for Wordpress Plugin

20 curiosidades sobre São João Paulo II

Foto: Site Jovens Conectados

Por ocasião da festa de São João Paulo II, celebrada neste dia 22 de outubro, resgatamos fatos fascinantes da vida do grande Pontífice.

1 – Aos 15 anos quase morreu por um disparo acidental
Um amigo lhe mostrou uma arma, a qual acreditava estar descarregada. Foi quando durante uma brincadeira este amigo apertou o gatilho e disparou bem perto de Karol. Felizmente (ou milagrosamente), a bala não o tocou.

2 – Foi o primeiro papa polonês
O primeiro a vir de um país comunista, o primeiro a entrar em uma sinagoga, o primeiro a entrar em uma mesquita, o primeiro a receber uma delegação oficial da Igreja Ortodoxa Grega desde o cisma de 1054 e o primeiro e único a ser atingido por um tiro e dar entrada num hospital público.

3 – Teve uma “namorada” judia durante sua juventude
Seu nome era Ginka Beer, era “uma bela judia, com lindos olhos e cabelos, magra, uma excelente atriz”. Embora não possamos descrever com precisão o vínculo entre Karol Wojtyla e Ginka, ela foi primeira e possivelmente a única com quem ele teve uma relação romântica.

4 – Foi ator e dramaturgo
Era membro de um grupo de teatro e pretendia trabalhar como ator, antes de descobrir sua vocação ao sacerdócio.

5 – Aos 21 anos de idade já tinha perdido todos seus familiares diretos
Sua mãe morreu quando ele tinha 8 anos devido a algumas complicações durante um parto, seus três irmãos morreram durante sua infância e seu pai morreu de um ataque cardíaco, quando ele tinha 21 anos.

6 – Foi atropelado por um caminhão nazista durante a Segunda Guerra Mundial
Em fevereiro de 1944, enquanto voltava do trabalho para sua casa, foi atropelado por um caminhão alemão. Os oficiais alemães pararam e, ao ver que estava inconsciente e gravemente ferido, detiveram um automóvel para usá-lo como ambulância e levá-lo ao hospital. Ficou internado durante duas semanas. A terrível experiência e sua surpreendente recuperação confirmaram sua vocação ao sacerdócio.

7 – Praticante de esqui, montanhismo e remo
Quando jovem, além de trabalhar pesado em uma pedreira, ele era praticante de esqui, montanhismo e remo, estudava teatro e literatura polonesa e chegou a atuar e escrever peças.

8 – Foi detido por soldados nazistas e fugiu escondendo-se atrás de uma porta
Em agosto de 1944, durante um levantamento polonês, soldados nazistas invadiram a sua cidade a fim de prender todos os homens jovens. Ao entrar em sua casa, escondeu-se atrás de uma porta. Os soldados revistaram sua casa, mas não o encontraram e foram embora. Em seguida, escondeu-se na casa do seu Arcebispo, onde permaneceu até o final da guerra.

9 – Participou do Concílio Vaticano II como Bispo e ajudou a escrever vários documentos
Colaborou na redação do texto final de Dignitatis humanae, o Decreto sobre a liberdade religiosa, e Gaudium et spes, a Constituição Pastoral sobre a Igreja no mundo atual.

10 – Ao todo, João Paulo II realizou quatro visitas ao Brasil. A primeira visita ocorreu em 1980 quando participou do Congresso Eucarístico Nacional, beatificou José de Anchieta e esteve em Aparecida para consagrar solenemente o Santuário Nacional. Em 1991 na segunda visita João Paulo II foi a Salvador visitar Irmã Dulce e também beatificou Madre Paulina. Na sua terceira passagem pelo Brasil em 1997, a visita realizou-se por ocasião do II Encontro Mundial com as Famílias, realizado na cidade do Rio de Janeiro.

A benção do Papa no Vaticano, na Páscoa de 1980. (Imagem da Web)

11 – Pessoa mais admirada do mundo
Uma pesquisa feita nos Estados Unidos indicou que o mais cativante na sua figura era o sorriso, a devoção mariana, o domínio de várias línguas e o amor pelas crianças e pelos pobres. Em outra pesquisa com estudantes de Portugal, Espanha e América Latina, foi apontado em primeiro lugar como a pessoa mais admirada do mundo.

12 – Como Papa, falava 9 idiomas com facilidade
Sabia polonês, latim, grego antigo, italiano, francês, alemão, inglês, espanhol e português. Durante sua juventude, esteve familiarizado com 12 idiomas.

13 – Ação concreta com as Mulheres
Em maio de 2002, reuniu-se na Praça de São Pedro com centenas de mulheres que tinham se envolvido com a prostituição, durante uma audiência geral.

14 – Visitou 129 países durante seu pontificado
Isto o tornou um dos líderes mundiais que mais viajou na história e fez com que ganhasse o apelido de “Papa Peregrino”.

15 – Atos de Amor
Batizava em sua capela privada os filhos dos seus mais modestos colaboradores.

16 – Beatificou e canonizou mais pessoas que o resto dos Papas que o antecederam… juntos
Beatificou 1.340 pessoas e canonizou 483 pessoas. Esta cifra supera todos os beatos e santos canonizados por todos os Papas anteriores a ele em toda a história da Igreja.

17 – Foi herói de um gibi de Marvel na década de 1980
Assim como ele, a Beata Madre Teresa de Calcutá e São Francisco de Assis também protagonizaram livros de histórias em quadrinho.

18 – Homenagem nas Alturas
Uma montanha do Polo Sul recebeu o nome do papa João Paulo II em homenagem aos seus 25 anos de pontificado.

19 – É o quarto Papa com o título de “o Grande”
Embora o título não seja de maneira oficial e é apenas pelo uso popular, somente outros três papas na história mereceram tal honra: São Leão Magno (440 até 461), São Gregório Magno (590-604), e São Nicolau Magno (858-867).

20 – Dedicado, chegava a trabalhar por até 16 horas por dia, e já foi descrito como um “vulcão de energia”. Quem conhecia João Paulo II de perto, dizia que ele tinha uma capacidade incrível de realizar múltiplas tarefas ao mesmo tempo. Era o tipo de pessoa capaz de conversar enquanto lia um livro.

No dia 22 de Outubro, a Igreja Católica celebra o dia de São João Paulo II. A data foi estabelecida pelo papa Francisco por simbolizar o dia em que Karol Wojtyla celebrou sua primeira missa como Pontífice, em 1978, iniciando seu pontificado.

São João Paulo II, rogai por nós!

Fonte: Reprodução Jovens Conectados