Highslide for Wordpress Plugin

Lançamento do 1º livro do Pe. José Eduardo Oliveira, em Aparecida

Foto: Divulgação

 

Uma contribuição de nossa Diocese para o Ano Mariano

Minha Mãe Aparecida” nasceu sem muita espera. Fazia o retiro do clero de 2016 e, na iminência da abertura do Ano Nacional Mariano convocado pela CNBB, as inspirações começaram a vir: como seria extrair as mensagens espirituais da história e da iconografia de Aparecida?

De fato, ali, Deus nos fala com os fatos e com a realidade mesma da imagem: o rio, a terra – matéria-prima da estátua, os pescadores, a cabeça e o corpo, o tamanho, o rosto e as mãos, a gravidez, a cor, os milagres…

Haveria já algo escrito nesse sentido? Começava a procura. Fiz uma pesquisa bibliográfica e encontrei muito material interessante, mas nada que fosse uma síntese, ao mesmo tempo simples, ao alcance de qualquer pessoa, e que servisse para o aprofundamento de nossa espiritualidade mariana, com algum contorno teológico: em suma, um livro para a meditação.

Pus-me a escrever. As ideias fluíram com uma facilidade imensa: em dez dias, o livro, não muito extenso, estava concluído.

Conversei com Dom Raymundo Damasceno, Cardeal arcebispo emérito de Aparecida, que concordou em fazer o prefácio. “Nessa romaria de três séculos – escreve ele –, também nós somos chamados a realizar o nosso caminho pessoal e encontrar e reencontrar a Virgem Santíssima de um modo nosso, singular, totalmente único (…) Quando nos dispomos a percorrer essa trajetória, quando nos lançamos com gosto nas grandezas da contemplação, de repente Ela se torna para nós Aparecida”.

Não pensava em fazer um lançamento muito expressivo, mas, na medida em que o tempo foi passando, a publicação acabou por se dar em finais de abril, inícios de maio, justamente no mesmo período de nossa romaria diocesana. Veio a feliz ideia de fazermos coincidir as coisas e, por fim, ajustou-se o lançamento no Auditório Padre Noé Sotillo, nas dependências do Santuário Nacional, às 10h30min.

Na introdução, escrevi: “queria que este livro, de algum modo, representasse uma colaboração de nossa Diocese para a celebração do Ano Nacional Mariano, convocado pela CNBB em comemoração aos felizes 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida”.

Com efeito, para mim, não se trata de um projeto pessoal, mas profundamente eclesial. Realizar o lançamento deste livro no contexto de nossa romaria diocesana, de alguma forma, realiza plenamente este anseio. E é com alegria que convido a todos para participarem deste momento.

Pe. José Eduardo de Oliveira e Silva

Lançamento do livro “Minha Mãe Aparecida”

6 de maio de 2017 – 10h30min

Auditório Padre Noé Sotillo (Aparecida)

 

Fonte: Setor de Comunicação da Cúria