Highslide for Wordpress Plugin

Jovens da Diocese de Osasco testemunham a Jornada Mundial em Cracóvia

Foto: Arquivo Pessoal

 

Padre Carlos Eduardo da Paróquia São Pedro e São Paulo traz o depoimento da experiência vivida por alguns jovens na JMJ 2016

Catequese

Dos dias 27 a 29 de julho, na parte da manhã, em diversos lugares da Cracóvia tivemos as catequeses dos jovens das nações de línguas portuguesas.  Nos encontramos com jovens do Brasil, Portugal, Moçambique e Guiné.

Os bispos refletiram no primeiro dia sobre o significado do Ano da Misericórdia. O bispo de Moçambique disse aos peregrinos, que espera que ao saírem desta jornada, outros jovens possam dizer: “Vi Deus num jovem”. No segundo dia, o cardeal Dom Orani refletiu sobre sermos tocados pela misericórdia e viver a parábola do filho pródigo e entender a atitude do Pai, seus gestos de perdão e misericórdia. Dom Orani ressaltou, também,  a importância dos jovens fazerem a experiência do sacramento da confissão.

No último dia de catequese, a reflexão foi sobre sermos instrumentos de misericórdia. O bispo salesiano da Diocese de Carceres citou como exemplo alguns santos que viveram as obras de misericórdia, como o jovem Beato Pedro Jorge Frassatti, em cujo funeral muitos pobres participaram demonstrando sua caridade silenciosa e eficaz.

Nestes dias da jornada podemos testemunhar uma Igreja viva, jovens de todas as nações, que na alegria testemunham sua fé. Temos catequeses, adoração, festivais da juventude e feira vocacional.  Nesta sexta-feira teremos a via sacra, no sábado a vigília com o Papa, e no domingo a missa final de envio.

“Bem aventurados os misericordiosos”.