Highslide for Wordpress Plugin

Diocese de Osasco

Últimas Notícias

Diocesanas, Eventos, Notícias › 31/10/2015

Semana Social aborda princípios concretos da evangelização

 

A Semana de Fé e Compromisso Social aconteceu dos dias 27 a 29 de outubro, com o tema “Igreja e Sociedade – a dimensão social da evangelização”. 

Os conferencistas da Semana Social foram os padres Mauro Ferreira, Antônio Carlos Ribeiro e o fundador da Comunidade Kénosis, Rogério Soares .  Nos dias de evento, houve a apresentação de exemplos práticos por meio de ações sociais motivadas pela fé, com a participação das instituições acompanhadas pela Cáritas da Diocese de Osasco: Associação Nossa Senhora do Carmo – ANOSCAR (Vila Yara-Osasco), Lar Mãe da Providência Santa Maria Maior (São Roque), Cáritas Nossa Senhora da Escada (Barueri), Obras Sociais Nossa Senhora Aparecida (Piratininga -Osasco), Instituto Ana Paula Moreno (Carapicuíba) e Cáritas Paroquial São João Batista (Rochdale -Osasco).

Pe. Alexandre Pessoa Garcia, coordenador do Setor Pastorais Sociais, escreve sobre o conteúdo e o sentido da semana que trouxe palestras voltadas para a reflexão do papel da Igreja e do leigo no âmbito social. 

Leia na íntegra:

A afirmação do Papa “prefiro uma Igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas a uma Igreja enferma pelo fechamento e pela comodidade de se agarrar às próprias seguranças” (EG 49) soa talvez como novidade. Mas será que é mesmo? Sim e não.

Recordemos aquele quase paradoxo agostiniano, a beleza sempre antiga e sempre nova que Agostinho tarde amou (cf. Confissões 10,38). Sair é constitutivo da nossa fé: Êxodo, Páscoa, Ide e Anunciai,  “Ite Missa est”, Santas Missões Populares, missão permanente, missão continental. A Igreja em saída é expressão continuada do próprio ser da Igreja de Cristo. Assim, o Papa nos lembra de uma beleza sempre antiga e que deve tornar-se sempre de novo nova.

O cristão é aquele que anda. Paulo emprega o verbo peripatein (andar, passear, conduzir-se) mostrando o que deve ser a vida do cristão: “andai em amor” (Ef 5,2), “andai como filhos da luz” (Ef 5,8), “vede, pois, cuidadosamente como andais” (Ef 5, 15), “conduzi-vos pelo Espírito” (Gl 5,16). Para o apóstolo, o amor é um caminho superior a todos os outros (1Cor 12, 31). Caminho também é uma antiga designação do cristianismo; podemos encontrá-la nos Atos dos Apóstolos (cf. 9,2; 19,9; 22,4).  Jesus, que sempre se pôs a caminho, apresenta-se como o caminho (Jo 14,6).

Nossa Semana de Fé e Compromisso Social quis ser expressão também de um caminho, caminho já traçado por tantos, caminho ainda a se fazer. Ao unir aspecto teórico, princípios práticos e concretos com ações motivadas pela fé, queremos colocar-nos num caminho de conhecimento, fortalecimento e aprendizado. Como gente que somos, vamos sentir saudade de realizações e passos já dados; como cristãos, vamos encher-nos de esperança, pois sabemos que podemos dar passos à frente.

Unir saudade e esperança com a verdade da vida – eis aí um chamado para nós hoje! Sem esta verdade, sem amor a Deus, ao nosso tempo e ao nosso povo, podemos sentir uma saudade que idealiza o passado e deixa de ter esperança. Não tardemos em ter esperança, “a esperança que tarda deixa doente o coração” (Pr 13, 12). Lembremos que “uma fé autêntica – que nunca é cômoda nem individualista – comporta sempre um profundo desejo de mudar o mundo” (EG 183).  Louvado seja Deus pelo caminho que foi a nossa Semana de Fé e Compromisso Social. Somos agradecidos por todos que caminharam conosco na alegria. A alegria do Senhor é a nossa força (Ne 8,10).

Pe. Alexandre Pessoa Garcia 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X