Highslide for Wordpress Plugin

Carta da Colegiada das Comunidades Eclesiais de Base do Estado de São Paulo

“Ainda que seu processo final se dê, só a médio ou mesmo a longo prazo, a revolução esta instalada.”

Madre Cristina

 

A Paz é fruto da Justiça, nesta certeza a Colegiada Estadual das CEBs se na diocese de Osasco, nos dias 28, 29 e 30 de agosto de 2015, ainda perplexa com as ações violentas, nos solidarizamos com as famílias que choram a ausência de seus filhos vítimas da chacina ocorrida na cidade.

 

Fomos acolhidos pelo bispo Dom João Bosco e pelo nosso pároco padre Alexandre Pessoa na Comunidade Santa Rita de Cássia, paróquia São José Operário com a presença das sub-regiões Aparecida, Botucatu, Campinas, Ribeirão Preto 1, Ribeirão Preto 2, São Paulo 1, São Paulo 2 e Sorocaba.

 

Com a contribuição do companheiro e irmão Mauro Kano que nos conduziu num momento de formação onde fomos questionados e questionadas, quanto nossa atuação na missão: – que respostas temos para a realidade atual? Que transformações enquanto comunidades eclesiais de base temos para a sociedade e suas situações de morte?

 

Sabemos que o processo é lento. Não há mudanças de uma hora pra outra! Temos que ter coragem e discernimento para revermos rumos e buscarmos juntos novas possibilidades e formas de nos reorganizarmos, refazermos e redescobrirmos nossa atuação na Igreja e na sociedade.

 

Refletimos, partilhamos, avaliamos e planejamos nossa caminhada comum para o próximo período.

 

Nossa “Gratidão” a Dom José Bertanha, Bispo da Diocese de Registro que nos últimos anos foi para todas e todos nós um amigo e pastor, sempre nos incentivando com suas palavras de sabedoria, gestos de carinho e exemplo de simplicidade. A Dom José Carlos Chacorowski, Bispo da Diocese de Caraguatatuba nosso novo bispo referencial das CEBs, damos nossas “Boas Vindas” que sua permanência entre nós assim como seu lema episcopal nos ajude a renovar nosso compromisso com a evangélica opção preferencial pelos pobres.

 

Celebramos junto à comunidade seus anseios, sonhos e esperanças.

 

Agradecemos as famílias que nos acolheram com alegria fraterna. Despedimo-nos e até que nos reencontramos Deus nos conduza e nos guarde.

 

 

Osasco, 30 de agosto de 2015.

Fonte: CEB Sul I