Highslide for Wordpress Plugin

Diocese de Osasco

Últimas Notícias

Diocesanas, Notícias › 19/03/2018

A nossa Gruta: um pedacinho de Lourdes em Alphaville

“O coração da mãe é imenso: maior que o cosmos visível e invisível!”(Papa João Paulo II, 17 de junho de 1983)

Ela apareceu há 160 anos – no dia 11 de fevereiro, em uma Gruta da pequena cidade de Lourdes, da França – à pobre jovem Bernadette Soubirous. Linda, resplandecente, vestida de branco com uma faixa azul na cintura e um rosário nas mãos, Nossa Senhora de Lourdes tinha, ainda, rosas de ouro ao seus pés.

Ao todo, foram 18 aparições na Gruta, durante 5 meses, que culminaram na última visão da Virgem, mesmo o local tendo sido fechado com tapumes, por ordem das autoridades hostis à aparição. Santa Bernadette voltou a ver Nossa Senhora apenas 21 anos depois, em 1879 na cidade de Nevers, quando faleceu. Seu corpo permanece incorruptível desde então, exposto em uma capela de cristal no convento de Saint-Gildard.

Nessas aparições, Nossa Senhora apresentou-se como a Imaculada Conceição e trouxe – para toda a humanidade – mensagens de acolhimento na pobreza, da necessidade da penitência e oração, além da promessa da felicidade vindoura: “Não prometo fazer-lhe feliz neste mundo, mas no outro”, foi a mensagem dada pela Virgem à frágil Bernadette, em uma de suas aparições.

Devoção em Alphaville completa 43 anos

O Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, na França, recebe milhares de peregrinos anualmente. É uma área que compreende 51 hectares e inclui 22 lugares distintos de celebrações em torno da Gruta. Suas torneiras jorram a famosa água de Lourdes.

Na Diocese de Osasco, a devoção à Santa está concentrada na cidade de Barueri. A Gruta de Nossa Senhora de Lourdes (hoje denominada Comunidade Nossa Senhora da Gruta) – localizada em Alphaville – foi toda construída com pedras, em 1975 por Yojiro Takaoka (reconhecido como um dos mais importantes urbanizadores brasileiros das últimas décadas). Inicialmente, era para ser um local ecumênico, mas pela devoção de Takaoka à Nossa Senhora de Lourdes, a Gruta passou a receber o nome da Santa.

A comunidade queria transformá-la em Paróquia, mas foi preciso adquirir um terreno para a construção de uma edificação maior. Assim, nasceu a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, localizada em Barueri, com 3.874 m2.

Entre 2008 e 2009, a Capela São José localizada no coração do Centro Comercial de Alphaville, passou, também, a acolher o Grupo de Oração Nossa Senhora de Lourdes, que está ligado a RCC (Renovação Carismática Católica), da Diocese de Osasco.

Nossa Senhora nos une a Jesus

Nossa Senhora de Lourdes definitivamente não deixa seus filhos desamparados. Foi assim, em um momento de intensa súplica de seu pai Claudio, que o recém-nascido Paulo Augusto, que completa agora 6 meses, pôde ser amamentado com fartura.

Eliene e Claudio com o filho Paulo Augusto, no dia do seu batizado, na Matriz Nossa Senhora de Lourdes (arquivo pessoal).

 

O casal, Claudio e Eliene, frequentadores da Nossa Senhora da Gruta, nem imaginava que seria contemplado por um verdadeiro milagre após o nascimento do tão esperado filho. Eliene não tinha leite para amamentar, assim que ele nasceu, pois teve agravamento do quadro depressivo no pós-parto.

Imagem de Nossa Senhora amamentando o menino Jesus, que se encontra na Comunidade Nossa Senhora da Gruta, de Alphaville.

“Nosso bebê estava com fome, sugava e não saía leite, a ponto de machucar o seio da mãe. Já estávamos desesperados, quando fui procurar o capelão do hospital, pois minha esposa queria comungar e eu tinha medo que seu estado de depressão se agravasse. Durante o caminho, eu somente me lembrava da imagem da Virgem da Gruta amamentando Jesus e pedia sua intercessão junto a Deus”, comentou emocionado Cláudio, pai de Paulo Augusto – que tem um estúdio de gravação e exerce a profissão de DJ em festas corporativas e familiares, tocando músicas que não ferem os valores cristãos.

Assim que Eliene comungou, o milagre aconteceu. “Imediatamente após a comunhão de Jesus Sacramentado, começou a jorrar leite de seus seios”, comentou o pai emocionado, que gritava chorando na frente do Padre, que sabia que Nossa Senhora os atenderia, que não iria desampará-los. “Eu atribuo esse milagre a Nossa Senhora da Gruta”, finalizou Claudio que agora espera por mais uma intercessão em tempos difíceis: oportunidades futuras na sua área de trabalho.

 

O milagre na Capela São José

Paulo Véchio, de Santa Catarina, esteve em São Paulo para um tratamento de câncer no intestino, como último recurso. No hospital, no entanto, foi desenganado pelo estado avançado da doença, pois não reagia mais aos tratamentos. Sua cunhada, então, o levou à Capela São José, em Alphaville, pois tinha ciência que o Grupo de Oração de Nossa Senhora de Lourdes, ali rezava por cura e libertação.

“Fui carregado escadaria acima até chegar naquela humilde capela de São José e pensei comigo o que Deus poderia fazer num lugar daqueles. Com muitas dores, queria ir embora, mas logo me levaram até a Capela do Santíssimo. O intercessor Marcelo, ao meu lado, iniciou uma oração contando toda a minha vida, coisas que somente eu sabia. Então, ele me perguntou se eu acreditava na cura de Jesus. Eu disse que sim. Marcelo, então, pegou na minha mão e, como se Jesus estivesse na frente dele, orou fervorosamente pela minha cura. Na hora, me senti adormecido e achei que estivesse morrendo. Ao terminar, me pediu que voltasse na semana seguinte. Ao chegar na casa da minha cunhada, eu consegui descansar e sentir fome, como há muitos anos não acontecia.

Voltei na semana seguinte, como recomendado, agora mais forte. Ali pude receber todo o perdão de Deus, pois consegui perdoar meu pai – já falecido – por bater em minha mãe e em mim por tantos anos. O choro veio compulsivamente e permaneceu por uma semana, sem parar, até que fui curado totalmente. Voltei para minha cidade e os médicos ficaram surpresos. Não tive sequelas do câncer e mais nenhuma enfermidade. Para honra e glória de Jesus, eu voltei para a Igreja e sou membro do Grupo de Oração para dar o meu testemunho de cura e fé”, finalizou Véchio.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X