Highslide for Wordpress Plugin

Diocese de Osasco

Últimas Notícias

Diocese se despede de Dom Ercílio Turco

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé” (2 Timóteo 4,7)

A quarta-feira, dia 30 de outubro, amanheceu mais triste. Foi o dia que D. Ercílio Turco, bispo emérito da Diocese de Osasco foi para os braços do Pai, às 2h35 da manhã no Hospital da Luz, Município de São Paulo, mas o sol da manhã brindou o brilho da esperança da Ressurreição e um coração apertado pela saudade dos que ficaram, seu rebanho.

“Em tudo o que ele fez, ele sempre deixava o toque de Deus”, disse Irmã Letícia, secretaria do bispo.

Dom Ercílio, com 81 anos, lutava contra um câncer e estava internado desde o dia 19 de outubro de 2019. A Igreja Particular de Osasco se reuniu em oração e súplicas e a vontade do Pai foi realizada. Grande incentivador as vocações, deu testemunho de fé e amor “De fato, a missão do nosso bispo emérito se cumpriu, quando ele nos apontou o caminho do céu”, disse o Seminarista Vinicius, do Seminário São José.

         O corpo de Dom Ercílio chegou à Catedral por volta das 10h45 do dia 30

O velório aconteceu dentro da Catedral Santo Antônio, sede diocesana, em que tantas vezes o bispo emérito celebrou suas missas. Ao todo foram celebradas doze missas em sufrágio a sua alma, simbolizando os doze anos de seu governo como bispo de Osasco. A primeira missa celebrada por Dom João Bosco, bispo diocesano e a última celebração exequial, realizada às 10h da manhã do dia 31, foi presidida por Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, e teve a presença dos bispos do Regional Sul 1 da CNBB, do prefeito Rogério Lins e do vereador Rogério Santos. Em seguida o corpo foi sepultado na Cripta da Catedral, em companhia ao primeiro bispo diocesano, Dom Francisco Manuel Vieira, falecido em 2013.

A CNBB manifestou o seu pesar “Dom Ercílio se destacou pela preocupação com a formação teológica e pastoral dos agentes leigos e leigas, criando três Escolas Diocesanas. Com o povo de Osasco, louvamos a Deus por tantos frutos de sua atuação no decorrer dos 12 anos de pastoreio na diocese” diz a nota.

 

Brasão Dom Ercílio Turco

– Escudo: Com campo de ouro (amarelo), parte superior em chefe vermelho, carregado do Espírito Santo em branco. Pala azul com sobrepostos do Evangelho em branco e símbolo do Cristo em ouro (amarelo).
– Insígnias Episcopais: O chapéu com borlas pendentes de cor verde, e a cruz pastoral em ouro (amarelo).
– Lema: “Evangelium dei Evangelizare” (2Cor 11, 7), “Anunciar o Evangelho de Deus”, em preto sobre listel branco.
– Simbolismo: A ideia central do escudo é o Evangelho anunciado como proposta de Deus para a salvação do mundo.
– O Evangelho de Deus é o próprio Jesus Cristo, palavra eterna, que fala aos homens de todos os tempos a mensagem do amor fraterno.
Maria (cor azul), por meio de quem a palavra se encarnou, é Mãe da Igreja, nos ajuda a viver a palavra de vida.
O Espírito continua a fecundar com sua sombra a Igreja (cor amarela), para que entregue ao mundo o Evangelho de Cristo.

Tinha reta intenção de estar atento às inspirações do Espírito, na plena fidelidade a Igreja e ao Santo Padre (cor amarela) anunciar o Evangelho, a Boa Nova de Jesus, para que o mundo encontre na comunhão com Deus e os irmãos a salvação.

‘A Diocese de Osasco agradece a Deus pelo Ministério Episcopal de Dom Ercílio colocado a serviço da Santa Igreja e do povo de Deus’

 

Carolina Gonzaga – Pascom Diocesana

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X