Highslide for Wordpress Plugin

A devoção a Mãe Rainha de Schoenstatt

 

Ela é Mãe, Ela é Rainha, Ela é Vencedora, Ela é Três Vezes Admirável

“Levem a Imagem da Mãe de Deus e deem um lugar de honra nos lares, assim eles hão de se tornar pequenos Santuários nos quais a Imagem de graças se manifestará, operando milagres de graças, criando uma Santa Terra de Famílias e formando santos membros…” Pe. José Kentenich, 1948.

O Movimento de Aliança com Maria, que começou na Alemanha há mais de 100 anos, encanta o mundo com a imagem da Mãe Peregrina percorrendo lares, escolas e visitando enfermos e deficientes visuais, crianças, jovens e adolescentes, presidiários, comerciários e também catequizandos. Suas imagens estão espalhados nos 5 continentes com mais de 200 centros de espiritualidade e de missão.

Imagem pintada no Século XIX pelo artista italiano Luigi Crosio sob o título em Latim “Refugium Peccatorum” (Refúgio dos Pecadores). Em 1915, foi levada para o Santuário de Schoenstatt e, de lá, espalhou-se pelo mundo.

O Movimento Apostólico de Schoenstatt faz parte da Obra Internacional fundada em 1914, pelo Pe. José Kentenich, na Alemanha. Durante a I Guerra Mundial, seminaristas foram convocados como soldados e, apesar dos desafios, difundiram a espiritualidade no meio da guerra. Então, a Mãe de Deus atraiu muitas pessoas ao Santuário, realizando milagres de conversão e transformações nas almas.

Durante a II Guerra Mundial, em 1941, o fundador foi preso pelos nazistas e levado ao campo de concentração onde fundou o Instituto Secular dos Irmãos de Maria e a Obra das Famílias; empenhando-se também pelo crescimento da expansão Internacional do Movimento.

A Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt surgiu, então, em 1950 e acelerou a expansão do Movimento em todo o mundo, inclusive nas paróquias e dioceses do Brasil.

Fonte: http://www.schoenstatt.org.br

Conquistando os lares da Diocese de Osasco

É com o lema “Nada sem vós, Nada sem nós”, que a Mãe, Rainha, Vencedora Três Vezes Admirável de Schoentastt vem despertando os corações de muitas famílias da Diocese de Osasco, desde 1991. Segundo a Coordenadora Diocesana, Maria do Carmo da Silva Pereira, são 780 imagens da Mãe Peregrina, que vem transformando a vida de muitas pessoas, e cerca de 7 mil diocesanos que peregrinam todos os anos ao Santuário em Atibaia. “As famílias que a recebem passam a se empenhar pela santidade, vivendo amplamente a aliança batismal. Só na cidade de Osasco são 7 imagens que levam esperança, força e fé a cerca de 210 lares”, afirmou a coordenadora que está à frente do movimento desde 2010.

“De Schoenstatt (bairro da cidade de Vallendar), na Alemanha, partiu um movimento de renovação religioso e moral para o mundo a partir daqueles que se comprometeram a oferecer a Maria, empenho constante em sua autoeducação. Essa Aliança com Maria está presente em todo o mundo, inclusive na Grande São Paulo, em nossa região”, afirmou Ana Lúcia Leite, coordenadora da Mãe Peregrina de Osasco.

E foi assim que uma Santa Missa de Envio recebeu a recém-chegada imagem da Mãe Peregrina a Osasco, no dia 19 de dezembro de 2017. “Fiquei muito emocionada em saber que a mãe de Deus aceitou novamente ficar entre nós, agora dentro do Condomínio São Cristóvão, no bairro Jardim Bandeiras. Porque, como em Schoenstatt, aqueles que a convidam tem que garantir o esforço em viver a santificação na vida diária, oferecendo contribuições ao Capital de Graças e é isso que está sendo feito. São mais 30 famílias recebendo sua visita uma vez por mês, tornando esses lares santificados. É Maria se tornando presente e atuando como intercessora, em nosso favor, junto a Deus”, afirmou a coordenadora. “Receber Nossa Senhora em nosso lar é uma luz, uma benção, uma flor que se abre, é um aroma, é paz, é força, é fé, é foco”, finalizou.

Santa Missa de Envio da Imagem da Mãe Peregrina realizada no Condomínio São Cristóvão, em Osasco.

Roberto de Campos, um dos responsáveis pelo Grupo de Oração São Cristóvão, confirma o propósito: “Em janeiro completamos 1 ano de orações nos apartamentos, levando a imagem da Sagrada Família. Ao longo desse tempo, também ajudamos a realizar 2 Missas no colégio do condomínio e iniciamos esse novo projeto da Mãe Peregrina. Nessa 2ª Santa Missa tivemos o envio da imagem para peregrinar de casa em casa, garantindo assim que em cada dia da semana tivéssemos uma família em oração. Logo receberemos mais uma imagem e já estamos em fase final de gestação do nosso Ministério de Música Mãe Peregrina. Com a Santíssima Virgem à frente da batalha estamos formando o poderoso exército de Maria, em busca da fraternidade”, complementou Campos.

Antes

Ana Lúcia e o contrato de amor com Maria

A coordenadora Ana Lúcia foi curada por intercessão de Nossa Senhora. A Mãe e Rainha é fiel à Aliança de Amor, ela cumpre o seu papel de Educadora diariamente e espera que cada um que selou a Aliança também lhe seja fiel. Assim aconteceu com Ana Lúcia Leite, coordenadora do movimento em Osasco.  

Depois

“O projeto Mãe Rainha se fez presente há menos de 1 ano na minha vida. Sempre fui recebedora da imagem em minha casa e fui convidada pelo padre a ser coordenadora do movimento em Osasco. Aceitei com medo, pois eu estava passando por um doloroso tratamento de câncer de mama, recém-descoberto. No entanto, eu disse o meu SIM, pois tinha certeza que Deus e Nossa Senhora estavam caminhando comigo.

Agora entendo que esse câncer foi um presente de Deus. Mudou minha relação com Ele, com as pessoas, comigo mesma, comecei a praticar exercícios físicos, uma alimentação saudável e prestar atenção em mim e no meu potencial. Com esse despertar, agora sei que preciso estar conectada com Deus e Nossa Senhora diariamente e viver cada dia intensamente. Deus me curou e me libertou para servir, para ser fiel à Aliança de Amor”, finalizou a coordenadora.  

Agenda
15/04 – Encontro Diocesano da Mãe Peregrina – das 8 às 17h no Santuário Diocesano Dom Luís Orione – Cotia/SP.
11/11 – Peregrinação da Diocese de Osasco ao Santuário de Schoenstatt – Atibaia/SP.

 

Fonte: BIO - Boletim Informativo de Osasco